Brasil deveria entrar na ‘nova rota da seda’ da China? Talvez já esteja

Vista aérea de barragem financiada pela China no Equador. Federico Rios Escobar/The New York Times

Os números alardeados pela propaganda oficial impressionam: 70 países participantes, US$ 690 bilhões em investimentos e um longo cinturão conectando o leste asiático à Europa, África e, mais recentemente, à América Latina. Sob vários ângulos, a “nova rota da seda da China” —oficialmente “Iniciativa do Cinturão e Rota”— tinha tudo para se tornar o projeto […]

Leia Mais